The Weeknd lança clipe para “Blinding Lights”

O cantor The Weeknd compartilhou nesta terça-feira, 21, o aguardado videoclipe para o single “Blinding Lights“. Dirigido por Anton Tammi, que também dirigiu o vídeo para “Heartless“, o clipe começa exatamente de onde o outro parou. Na narrativa acompanhamos Abel dirigindo rapidamente pela cidade. 

O mais recente álbum completo lançado por The Weeknd foi “Starboy“, de 2016. Em 2018 ele compartilhou um projeto com seis músicas, intitulado “My Dear Melancholy“.


Real Estate anuncia novo disco “The Main Thing” e compartilha novo single: “Paper Cup”

A banda Real Estate anunciou nesta quarta-feira, 15, seu quinto álbum de estúdio “The Main Thing“, com data de lançamento programado para o dia 28 de fevereiro, via Domino. Junto do anuncio, “Paper Cup“, primeiro single do novo álbum, foi lançada. A canção chega com um videoclipe estrelado por uma espécie gigante de esquilo que toca guitarra e parece estar vivendo os piores momentos da sua vida como astro do rock.

O novo projeto é o primeiro registro cheio do Real Estate desde “In Mind“, lançado em 2017. No final deste mesmo ano, a banda revelou que o guitarrista Matt Mondanile foi demitido do Real Estate em 2016 por causa de seus supostos maus-tratos a mulheres. Com sua saída, o músico Julian Lynch foi convocado para assumir a posição.



Capa + Tracklist

01. Friday
02. Paper Cup (ft. Sylvan Esso)
03. Gone
04. You
05. November
06. Falling Down
07. Also a But
08. The Main Thing
09. Shallow Sun
10. Sting
11. Silent World
12. Procession
13. Brother

Alicia Keys lança nova música “Underdog” com clipe

A cantora Alicia Keys lançou na última semana, seu mais novo single, intitulado “Underdog“. A nova música, quê também ganhou um videoclipe dirigido por Wendy Morgan, tem composição de Keys em parceria com Ed Sheeran. A música estreou pela primeira vez na programação de rádio do iHeartRadio e está disponível em todas as plataformas digitais.

Algumas pessoas podem pensar na palavra underdog como uma palavra negativa, mas eu vejo isso como uma palavra poderosa representando pessoas que podem ser subestimadas e ainda assim enfrentam o desafio e superam as expectativas“, disse Alicia. “Eu adoro essa música pois ela fala sobre vida real, pessoas reais e nossas experiências. Em nossas vidas, todos já passamos por situações difíceis que tivemos que nos superar. Nunca é fácil. Um dos meus trechos favoritas na música é: ‘They say I would never make it but I was built to break the mold (Disseram que eu nunca conseguiria, mas eu nasci para quebrar as barreiras)’. Eu acredito que não haja uma única pessoa no planeta que nunca tenha se sentido assim“.

“Underdog” é o mais recente lançamento pertencente a “ALICIA“, sétimo álbum de estúdio da cantora, programado para o primeiro semestre desse ano. As músicas lançadas anteriormente incluem “Time Machine“, uma odisseia futurística inspirada no funk que celebra a libertação que vem com “deixar para trás” e o primeiro single sensual e vibrante “Show Me Love“, um dueto com a estrela e vencedor do Grammy na categoria R&B, Miguel, além de reflexões sobre as muitas maneiras que mostramos amor uns aos outros.


Wild Nothing anuncia novo EP: “Laughing Gas”

A banda Wild Nothing anunciou nesta terça-feira, 7, o lançamento de um novo EP. Intitulado “Laughing Gas“, o projeto está programado para chegar às plataformas de streaming no dia 31 de janeiro, via Captured Tracks. Junto do anuncio, a lista completa com o nome das faixas, também foi divulgado

O líder e fundador do grupo, Jack Tatum, disse em comunicado à imprensa: “Penso no título do EP como sendo representativo de um tipo de felicidade fabricada e perda de controle. Muitas vidas de pessoas estão envolvidas na busca pela totalidade e, às vezes, é muito mais fácil relaxarmos através desses atalhos fabricados, seja escapismo, automedicação, buscando validação externa ou qualquer outra coisa. Muitas vezes me considero culpado de quase tudo isso, mas, no final das contas, acho que esse EP me encontra em um lugar de tentar ir mais fácil comigo mesmo. Tive a sorte de continuar lançando a música que amo depois de 10 anos de Wild Nothing e este lançamento não parece diferente“.

“Laughing Gas” foi idealizado simultaneamente no mesmo período de “Indigo“, último disco cheio lançado pelo Wild Nothing, em 2018.


Laughing Gas

01. Sleight of Hand
02. Dizziness
03. Foyer
04. Blue Wings
05. The World Is a Hungry Place


Os 10 álbuns mais marcantes de 2019

2019 foi um grande ano tanto para as figurinhas carimbadas, como para aquelas que ainda estão em ascensão no mundo da música. No âmbito nacional, surpresas vieram de todos os estilos e cantos do Brasil. No cenário internacional, teve gringo brincando com o Rap e o Gospel.

Não há dúvidas de que o balanço geral foi bom, mas para facilitar a sua vida na hora de relembrar os grandes momentos musicais desse ano, pensamos em uma lista com os 10 álbuns (nacionais e internacionais) mais marcantes de 2019. De Billie Eilish a MC Tha, esses são os nossos escolhidos.


“Jesus is King” – Kanye West

Sempre nos holofotes, o Mr. West não deixou o ano de 2019 passar em branco. Como prometido – e bota prometido nisso – o rapper lançou este ano seu aguardadíssimo álbum “Jesus is King“, onde projeta uma fase com um viés bem mais religioso. Com letras de adoração e superação, o artista continua a quebrar paradigmas e se lançar cada vez mais de cabeça em novas possibilidades.

E não é que deu certo?



“When We All Fall Asleep, Where Do We Go?” – Billie Eilish

Com somente 18 anos de idade, a cantora Billie Eilish fez um verdadeiro furdunço da industria fonográfica. Se desprendendo de preceitos do que levam a musica pop, a ser pop, Billie junto de seu irmão Finneas, idealizaram em um simples quarto e quase de forma caseira, o que viria a ser o disco “When We All Fall Asleep, Where Do We Go?”. Chamando atenção pelo estilo e pela voz suave, a cantora deixa sua marca em 2019 da maneira mais surpreendente possível.


“Crux” – Apeles

Crux“, projeto encabeçado pelo músico Eduardo Praça, é sem sombra de duvidas um dos projetos mais bonitos deste ano. Delicado em sua execução e na forma como distribui suas emoções, Praça quê trabalha aqui sob o nome de Apeles, destrincha em forma de música suas memórias mais marcantes. Essa crônica é muito bem costurada pelo músico através de letras melancólicas, promovendo uma imersão quase palpável.



“Assume Form” – James Blake

Da melancolia a pura felicidade. Foi com muita surpresa que recebemos o quarto disco de James Blake, “Assume Form“. Com uma tonalidade totalmente diferente de seus outros projetos, Blake atacou este ano de homem apaixonado. Isso mesmo! Aqui tudo são flores. Com beats muito bem assertados e dignos de uma trajetória muito bem traçada pelo músico, é de se espantar – de forma genuinamente boa – o que foi realizado aqui.


“Morri de Raiva” – BRVNKS

Emanando as angustias de uma juventude, Bruna Guimarães encabeça o projeto BRVNKS. Com uma mistura de indie e punk, a cantora lidera uma verdadeira onda de refresh a cena musical independente do país. Com referências que vão claramente de bandas como Wavves, Pavement e Best Coast, a banda goiana reflete em letras “supostamente” bobas, o turbilhão de emoções que vivemos de formas tão distintas.


“Rito de Passá” – MC Tha

Comigo ninguém pode, porque meu santo é forte…” canta MC Tha. E é verdade! Expondo um dos trabalhos mais completos de 2019, a cantora paulista e orgulhosamente umbandista, promove em seu “Rito de Passá” a maior definição da música brasileira este ano. Fazendo uma mescla que dá muita liga entre a MPB e o Funk, a cantora apresenta uma projeto ímpar, demonstrando que as sonoridades presentes em cada canto do Brasil, podem sim se interligar e entregar ao país um pouco de alegria e esperança em tempos tão sombrios.


“Respiro” – Scalene

Seu título diz tudo. Quase como um manifesto de resistência, a banda brasiliense Scalene entregou este ano aos seus fãs o seu quinto álbum, “Respiro“, projeto mais abrasileirado de sua trajetória. Gerado como reação aos tempos inflamados em que estamos submersos, o disco soa como uma espécie de trégua diante do descontrole cotidiano. Diferente de “magnetite“, lançado em 2017, o sucessor procura o espaço entre as melodias para de forma menos carregada – mas não menos dura – impor uma reflexão a este período social de tanta tensão.


“i,i” – Bon Iver

De “For Emma, Forever Ago” a “22, A Million”, Justin Vernon vem comprovando constantemente sua vontade de experimentar cada vez mais sua sonoridade. Em “i,i“, projeto certeiramente lançado este ano, o músico expõe mais uma vez seu talento para tal. Trabalhando fortemente em cima de sintetizadores, o cantor provoca neste projeto uma verdadeira experiência sensorial. Esteja atento aos mínimos detalhes aqui.


“Dedicated” – Carly Rae Japsen

Carly Rae Japsen é promessa que virou realidade. Desde sua estreia com o ótimo disco “EMOTION”, a cantora segue em uma crescente absurda. Em seu novo álbum “Dedicated“, Carly reúne referências musicais que vão de Donna Summer a ABBA, com a clareza de que está promovendo algo para além do seu tempo. Aqui vemos o pop em sua melhor fase.


“Apká” – Céu

Céu nunca decepciona. De surpresa a cantora lançou em setembro seu quinto álbum de estrada, “Apká“. Foi no susto que os fãs receberam um dos trabalhos mais concretos deste ano. Inspirada por sua própria vida, o projeto é reflexo do universo vivido por Céu, com canções sobre amor, feminismo, maternidade, ideologia, entre outros.

Lizzo se diverte em segundo e novo clipe de “Good as Hell”

A cantora Lizzo compartilhou nesta segunda-feira, 9, um novo videoclipe para a faixa “Good as Hell“, hit originalmente lançado em 2016. O vídeo foi dirigido por Alan Ferguson e tem como cenário principal uma universidade localizada no sul da Louisiana. Na narrativa Lizzo se diverte cantando e dançando ao lado da banda de fanfarra Southern University’s Human Jukebox Marching Band.

Este é o segundo clipe lançado para “Good as Hell“! Em 2016, a música ganhou seu primeiro vídeo

Em outubro deste ano, a cantora compartilhou um novo remix do single com a participação especial de Ariana Grande. Lizzo recebeu um total de 8 indicações ao Grammy por seu trabalho no álbum “Cuz I Love You“, seu terceiro registro de carreira.


Dua Lipa anuncia seu próximo álbum de estúdio: “Future Nostalgia”

A cantora Dua Lipa anunciou nesta segunda-feira, 2, o lançamento de seu próximo álbum! Intitulado “Nostalgia Future“, o projeto está programado para o próximo ano, sem data ainda confirmada.

O que eu queria fazer com esse álbum era sair da minha zona de conforto e me desafiar a criar músicas que pareciam estar ao lado de algumas das minhas músicas pop clássicas favoritas“, disse a cantora em comunicado à imprensa. “Eu fui inspirada por tantos artistas neste novo disco, de Gwen Stefani a Madonna, Moloko, Blondie e OutKast, para citar apenas alguns. Meu som naturalmente amadureceu um pouco quando eu cresci, mas eu queria manter a mesma sensibilidade pop que eu tinha no primeiro disco“, continua.

Don’t Start Now“, primeiro single desta nova era, foi lançado em outubro deste ano. Em 2019, Dua Lipa venceu a categoria de “Artista Revelação” na 61ª edição do Grammy Awards.


Grammy Awards 2020: Lizzo, Lil Nas X e Billie Eilish lideram indicações da 62ª edição

As indicações para a 62ª edição do Grammy Awards foram reveladas nesta quarta-feira, 20. A cantora Lizzo tem o maior número de indicações deste ano, com oito. Já Billie Eilish e Lil Nas X têm seis indicações cada. Todos os três artistas disputam pela maior categoria da noite “Álbum do Ano“, onde competirão contra Bon Iver, Vampire Weekend, Lana Del Rey, Ariana Grande e H.E.R.

Nomes como Beyoncé, Rosalía, Tyler, the Creator, Big Thief, Thom Yorke, FKA Twigs, Brittany Howard, The 1975, Steve Lacy, Tove Lo, também estão entre os indicados.

No Grammy do ano passado, Kacey Musgraves levou a melhor na categoria “Álbum do Ano”, por seu trabalho no disco “Golden Hour“. Cardi B, St. Vincent, Beck, Childish Gambino, Dua Lipa, Ariana Grande e Drake também foram premiados.

O Grammy acontece no dia 26 de janeiro de 2020, no ginásio Staples Center, localizado em Los Angeles.


Confira a lista dos indicados:

Música do Ano

Always Remember Us This Way – Lady Gaga

Bad Guy – Billie Eilish

Bring My Flowers Now – Tanya Tucker

Hard Place – H.E.R

Lover – Taylor Swift

Norman F***ing Rockwell – Lana Del Rey

Someone You Loved – Lewis Capaldi

Truth Hurts – Lizzo


Álbum do Ano

i,i – Bon Iver

Norman F***ing Rockwell – Lana Del Rey

When We All Fall Asleep, Where Do We Go – Billie Eilish

Thank U, Next – Ariana Grande

I Used To Know Her – H.E.R

7 – Lil Nas X

Cuz I Love You – Lizzo

Father Of The Bride – Vampire Weekend


Gravação do Ano

Hey, Ma – Bon Iver

Bad Guy – Billie Eilish

7 Rings – Ariana Grande

Hard Place – H.E.R.

Talk – Khalid

Old Town Road – Lil Nas X & Billy Ray Cyrus

Truth Hurts – Lizzo

Sunflower – Post Malone & Swae Lee


Artista Revelação

Billie Eilish

Lizzo

Rosalía

Lil Nas X

Black Pumas

Maggie Rogers

Tank and Da Bangas

Yola


Melhor Clipe do Ano

We´ve Got To Try – The Chemical Brothers

This Land – Gary Clark Jr.

Cellophane – FKA twigs

Old Town Road (Official Movie) – Lil Nas X & Billy Ray Cyrus

Glad He´s Gone – Tove Lo


Melhor Música R&B

Could´ve Been – H.E.R. Ft. Bryson Tiller

Look At Me Now – Emily King

No Guidance – Chris Brown Ft. Drake

Roll Some Mo – Lucky Daye

Say So – Pj Morton Ft. Jojo

 

Para conferir a lista completa clique aqui!

Stormzy revela detalhes sobre seu segundo álbum de estúdio

O rapper britânico Stormzy revelou nesta terça-feira, 19, detalhes sobre seu segundo álbum de estúdio! Batizado de “Heavy Is the Head“, o projeto será lançado no dia 13 de dezembro, via MERKY/Atlantic. O álbum de 16 músicas contará com participações especiais de Ed Sheeran, Burna Boy, H.E.R., YEBBA, entre outros. Os singles “Vossi Bop“, “Crown” e o “Wiley Flow” compartilhados anteriormente, também devem estar presentes neste disco.

Stormzy também compartilhou a arte da capa do álbum, onde aparece com o colete idealizado pelo artista plástico Banksy – que o rapper usou durante sua apresentação na edição deste ano do festival Glastonbury.

O primeiro registro do rapper, “Gang Signs & Prayer“, foi lançado em fevereiro de 2017.


Arte da Capa + Tracklist

 

01. “Big Michael”
02. “Audacity (feat. Headie One)”
03. “Crown”
04. “Rainfall (feat. Tiana Major9)”
05. “Rachael’s Little Brother”
06. “Handsome”
07. “Do Better”
08. “Don’t Forget to Breathe (feat. YEBBA) (Interlude)”
09. “One Second (feat. H.E.R.)”
10. “Pop Boy (feat. Aitch)”
11. “Own It (feat. Ed Sheeran & Burna Boy)”
12. “Wiley Flow”
13. “Bronze”
14. “Superheroes”
15. “Lessons”
16. “Vossi Bop”

Harry Styles divulga capa e título de seu próximo disco: “Fine Line”

O cantor Harry Styles anunciou nesta segunda-feira, 4, o título e a data de lançamento de seu segundo álbum solo: “Fine Line“. O novo projeto será lançado ainda este ano, no dia 13 de dezembro. Também foi divulgado pelo seu instagram a arte da capa.

“Fine Line” conta com a produção dos cultuadíssimos produtores Rick Rubin, Jeff Bhasker e Tyler Johnson. Em uma entrevista a Rolling Stones o músico afirmou que o novo disco é sobre “sexo e se sentir triste”. Após anos como integrante no grupo britânico One Direction, Harry Styles lançou em 2017 seu disco de estreia homônimo. Este ano ele retornou ao mundo da música com o single “Lights Up“.


 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 

FINE LINE . THE ALBUM . DEC 13 Photo: Tim Walker

Uma publicação compartilhada por @ harrystyles em

Online Shopping in BangladeshCheap Hotels in Bangladesh