Conheça mais sobre os sete longas que integram a mostra competitiva do 27° Cine Ceará

O 27° Cine Ceará tem sua noite de abertura nesse sábado, 05, dando inicio à sua mostra competitiva com sete filmes disputando a principal premiação do Festival. Conheça mais sobre eles em seguida.

1. UMA MULHER FANTÁSTICA / Una mujer fantástica

Marina é uma garçonete transexual que gasta seus dias procurando sustento. Seu verdadeiro sonho é ser uma cantora de sucesso e se apresenta nos clubes noturnos da cidade. Após uma perda inesperada, sua vida dará uma guinada, e Marina terá de lutar para impor sua identidade a todo custo.

Direção: Sebastián Lelio
Ficção. 100 min. DCP. Cor. Chile. 2017
18 anos
Première Brasil

2. MALASARTES E O DUELO COM A MORTE

Uma comédia sobre as aventuras de Pedro Malasartes, personagem tradicional do folclore ibero-americano que vive de pequenas trapaças. Gaiato fanfarrão, Malasartes terá de enfrentar dois grandes inimigos: Próspero, que fará de tudo para impedir que sua irmã Áurea namore um sujeitinho preguiçoso, sem coragem e imprestável como ele, e a própria Morte encarnada, que quer tirar férias depois de dois mil anos ceifando vidas e pretende que Malasartes o substitua em seu tedioso cargo, vaga que será disputada por outros personagens.

Direção: Paulo Morelli
Ficção. 110 min. DCP. Cor.
Brasil. 2017
10 anos
Première Mundial

3. NINGUÉM ESTÁ OLHANDO / Nadie nos mira

Nico, um ator argentino de televisão de sucesso em seu país. Tenta sorte em Nova York, mas logo descobre que não encaixa no clichê do ator latino. Sua boa aparência o ajuda a esconder a solidão e a vida precária, e sobrevive de bicos e trabalhando como baby-sitter, cuidando do menino Theo. Conhece um grupo de babás latinas no parque que frequenta e entra em contato com as experiências dos imigrantes, muito mais difícil que o confronto com a natureza destrutiva de seu autoexílio.

Direção: Julia Solomonoff
Ficção. 102 min. DCP. Cor. Argentina. 2017
16 anos
Première Brasil.

4. O HOMEM QUE CUIDA / El hombre que cuida

Juan mora isolado no pequeno povoado de pescadores de Palmar de Ocoa, onde trabalha como caseiro na propriedade de uma família endinheirada da capital. Sua rotina pacata será interrompida pela chegada sem aviso do filho do dono e seus amigos. No transcurso do fim de semana, Juan terá de tomar decisões que irão afetar o resto da sua vida.

Direção: Alejandro Andújar
Ficção. 85 min. DCP. Cor. República Dominicana –
Porto Rico – Brasil. 2017
18 anos
Première Brasil

5. PEDRO SOB A CAMA

Mariano, depois de quase uma década desaparecido, retorna à sua cidade natal com o objetivo de encontrar o filho que jamais conhecera, Pedro, de oito anos. Ao saber da chegada do pai na cidade, o menino acaba escondido na casa de Mariano e passa a viver sob a cama dele.

Direção: Paulo Pons
Ficção. 100 min. DCP. Cor.
Brasil. 2017
14 anos
Première Brasil

6. SANTA E ANDRÉS / Santa y Andrés

O filme narra a amizade improvável entre uma jovem camponesa revolucionária, encarregada de vigiar um escritor dissidente, homossexual. Isolados na região rural de Cuba, no início dos anos 80, os personagens aos poucos vão descobrindo que têm mais coisas em comum do que suspeitam.

Direção: Carlos Lechuga
Ficção. 105 min. DCP. Cor.
Cuba-França-Colômbia. 2016
16 anos
Première Brasil

7. ÚLTIMOS DÍAS EN LA HABANA / Últimos dias em Havana

No bairro Centro Habana, no coração da capital de Cuba, Miguel sonha em fugir para Nova Iorque. Enquanto espera por um visto que nunca chega, trabalha lavando pratos num restaurante. Diego sonha viver. Prostrado e imóvel pela Aids, libera toda sua energia em sua estreita cama, no menor quarto do cortiço onde moram. Enquanto Miguel dá comida para Diego, descobrimos que são como a noite e o dia. Diego é gay, positivo, brilhante; Miguel é assexuado, negativo, escuro. Diego é o herói; Miguel, o anti-herói. Mas entre eles existe uma amizade contraditória e indestrutível, sustentada por um passado do qual só eles conhecem o segredo.

Direção: Fernando Pérez
Ficção. 93 min. DCP. Cor.
Cuba-Espanha. 2016
14 anos
Première Brasil

 

Marcus Barreto

Marcus Barreto

Jornalista de bem com a vida, fã de esportes e cinema.
Marcus Barreto

Marcus Barreto

Jornalista de bem com a vida, fã de esportes e cinema.